terça-feira, 29 de setembro de 2009

COMO ESCREVER UM ENSAIO E UMA CRÔNICA

CRÔNICA
Um dos elementos que caracterizam a crônica é a visão pessoal de um evento; é o seu ponto de vista, ou seja, a sua forma de ver o fato.
ETAPAS PARA ESCREVER SUA CRÔNICA
Escolha algum acontecimento atual que lhe chame a atenção. Consulte jornais, revistas, noticiários da TV. Outra forma de encontrar um tema é andar, abrir a sua janela, conversar com pessoas, ou seja, entrar em contato com a infinidade de coisas que acontecem ao seu redor. Tudo pode ser assunto para uma crônica.
O tema escolhido deve despertar seu interesse, causar alguma sensação interessante que pode ser: entusiasmo, horror, desânimo, indignação, felicidade, melancolia, paixão... Isso pode ajudá-lo a escrever uma crônica com maior facilidade.
Selecionado o acontecimento, tente formular algumas opiniões sobre esse fato. Frases como as que menciono abaixo podem ser um bom começo para você fazer a sua lista:-
“Quando penso nesse fato, a primeira idéia que me vem à mente”...
“Na minha opinião esse fato é”...
“Se eu estivesse nessa situação, eu”...
“Ao saber desse fato eu me senti”...
“Sobre esse fato, as pessoas estão dizendo que”...
“A solução para isso”...
“Esse fato está relacionado com a minha realidade, pois”...
Agora que você já formou opiniões sobre o acontecimento escolhido, é hora de escrever sua crônica. Seu ponto de partida pode ser o próprio fato, mas esse também pode ser mencionado ao longo do texto; procure usar a criatividade para criar seu próprio estilo, pois é isso que faz de um escritor um bom cronista.
Se você está interessado em saber um pouco mais sobre crônicas, consulte os seguintes livros:
* A criação literária- Prosa- Massaud Moisés – Editora Cultrix.
* A Crônica – Jorge de Sá – Série princípios – Editora Ática
* A Crônica – o Gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil – Editora da Unicamp – São Paulo
Obs.:-Este texto-base está amparado no site:-www.tvcultura.com.br

ENSAIO
É um texto muito solicitado nas universidades, mas nem sempre é explicado aos alunos. Ensaio é um texto literário breve, entre o poético e o didático, que expõe idéias, criticas reflexões morais e filosóficas a respeito de determinado tema.
É menos formal e mais flexível que o tratado; consiste na defesa de um ponto de vista pessoal e subjetivo sobre um tema (humanístico, filosófico, político, social, cultural, moral, comportamental, literário, etc.) sem que se paute em documentos ou provas empíricas ou dedutivas de caráter cientifico.
O ensaio divide-se em:- formal ou discursivo e informal ou comum. No formal, os textos são objetivos, metódicos e estruturados, dirigidos mais a assuntos didáticos, criticas oficiais, etc.,... Já o informal, é mais subjetivo e caprichoso em fantasia, o que o torna menos denso. Um bom ensaio deve nos mostrar uma mente desenvolvendo uma tese, enraizando essa tese nas evidências, antecipando habilmente objeções ou contra argumentos, sustentada o ímpeto da descoberta.
VISÃO GERAL DE UM ENSAIO ACADÊMICO/TESE
Todo ensaio tem uma finalidade ou objetivo; a mera existência de uma tarefa ou de um prazo não é suficiente. A redigir um ensaio ou artigo de pesquisa, nunca se está simplesmente transferindo informações de um lugar para outro, ou demonstrando o domínio sobre uma certa quantidade de materiais.
A aprofundar-se no material, você começa a descobrir padrões e gerar percepções, guiado por uma série de questões que se desdobram. De certo número de possibilidades, uma idéia emerge, gradual ou subitamente... como a mais promissora.Você tenta certificar-se de que ela é original e tem alguma importância; não faz sentido argumentar sobre algo já conhecido, trivial ou amplamente aceito. É preciso avaliar se a idéia pode ser tratada numa breve nota, num artigo de vinte páginas ou se requer um livro inteiro.

Obs.:- O Centro de Redação da Universidade de Harvard (Kathy Duffin forneceu o texto-base para este trabalho).

9 comentários:

  1. Meu grande professor Adilson!!!

    Que bom lhe ver on-line!!!

    Forte abraço!
    Bruno Mello.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, professor. EStou escrevendo um material para pós latu sensu em Literatura, pela Unitau, e o senhor me foi bastante esclarecedor!
    Evalda Andrade

    ResponderExcluir
  3. Muito bom professor Adilson!

    Obrigado pelo conteúdo, foi muito útil para o acadêmico aqui de Tubarão - Santa Catarina.

    Peço que também visite meu Blog para conhecer a arte da fotografia e os conteúdos que escrevo para os amantes de fotografia.

    Um grande abraço e mais uma vez, meus parabéns!

    Att: HenriqueMattos

    ResponderExcluir
  4. Jéssica Monteiro28 de maio de 2012 07:37

    Obrigada professor Adilson!
    Foi bastante esclarecedora sua explicação!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom. Isso esclarece muitas dúvidas.

    ResponderExcluir
  6. Rosangela Tavares5 de junho de 2013 21:15

    Olá, professor Adilson.
    Gostei do Blog. Parabéns!
    Tive o privilégio de ter sido aluna do falecido Jorge de Sá. Aprendi bastante com ele, mas havia esquecido do livro Crônicas sugerido pelo senhor
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Prezado professor Adilson!
    Pesquisando na internet encontrei o seu blog, justamente o que eu preciso para reescrever meu trabalho de pesquisa. É sobre o escritor Adonias Filho. Quais são os elementos de um ensaio, professor? É parecido com monografia?

    Meu e-mail: ambiente_educar@hotmail.com
    Aguardo e agradeço sua resposta.
    Atensiosamente,
    Efigênia Oliveira

    ResponderExcluir
  8. Prezada, basta ler o material acima sobre "como escrever um ensaio" que terá as respostas as suas indagações.

    Prof. Adilson

    ResponderExcluir